• Vacinação Raiva

    Em Portugal é obrigatória a vacinação antirrábica. Deverá ser administrada a partir dos 4 meses e repetida anualmente.

  • Alimentação Papagaios

    Uma das principais causas de doenças em papagaios são aquelas provocadas por deficiências e indiscrições alimentares.
    Prefira as dietas comerciais. Com elas conseguirá oferecer ao seu papagaio todos os nutrientes e vitaminas que ele precisa de uma forma completa e equilibrada.

  • Higiene Oral

    Tente escovar os dentes do seu cão ou gato diariamente. Assim conseguirá manter a sua boca e dentes saudáveis.
    Não se esqueça que para isso deverá usar escovas e pastas específicas para a espécie.
    Caso a escovagem não seja possível poderá recorrer a biscoitos/barras dentais ou elixires.
     

  • Dirofilariose

    A Dirofilaria ou "verme do coração" é um parasita transmitido por mosquitos comuns que , em casos extremos, pode provocar problemas cardiacos e mesmo a morte. A sua prevenção é essencial!

    Aconselhe-se junto do seu Médico Veterinário

  • Castração

    A Castração cirurgica nos machos (orquiectomia) e a esterilização cirurgica nas fêmeas (ovariohisterectomia) ajuda a prevenir, tratar e evitar algumas doenças (cancro da mama, tumores testiculares, infecções do útero, etc). Aconselhe-se junto do seu Médico Veterinário

  • Vacinação

    Não subestime a importância da vacinação do seu animal. Muitas das doenças que as vacinas podem prevenir são graves, sendo algumas incuráveis e fatais.

  • Automedicação

    Tal como nos Humanos, a Auto-Medicação para os nossos animais deve ser evitada.

Perigos do Chocolate

 

Com a Páscoa à porta, a casa cheia de convidados e a mesa cheia de petiscos (chocolates, amêndoas, etc...), os nossos animais estão em perigo!
Quantos de nós já nos deparámos com o nosso companheiro de quatro patas a pedinchar por aquilo que estamos a comer?! Pois bem, resista! E instrua também os seus convidados a resistir.

Neste texto em concreto, iremos falar especificamente no chocolate…

Sabia que o chocolate é tóxico para os cães e para os gatos? É verdade!
O chocolate possui uma substância chamada Teobromina, a qual é nociva para os cães e gatos.

Alguns dos sintomas que podem ocorrer nos nossos animais após ingestão de chocolate são: aumento da frequência cardíaca (taquicardia), vómito, diarreia, tremores musculares ou mesmo convulsões, aumento da frequência respiratória (taquipneia), aumento da ingestão de água (polidipsia), febre, cianose (pele e mucosas azuladas devido à baixa oxigenação), entre outros.

Geralmente, os efeitos clínicos da intoxicação por chocolate são percebidos entre 6 a 12 horas após a sua ingestão. O grande problema na ingestão de chocolate, ainda que seja de forma gradual, é a incapacidade de metabolização da Teobromina, permitindo que esta fique acumulada no organismo, atingindo níveis tóxicos (por isso, a ideia de que oferecer um pouco de chocolate aos nossos patudo de vez em quando não faz mal, é errada!). A quantidade de Teobromina no chocolate depende do tipo de chocolate.

Relativamente ao tema "chocolate", há ainda a considerar que este possui considerável quantidade de gordura, e o pâncreas também pode sofrer importantes danos.

O tratamento é difícil porque não existe um tratamento específico, sendo direccionado à estabilização das funções vitais do organismo de acordo com a sintomatologia.

O que fazer se o seu animal ingerir chocolate? Entre em contacto com o seu Médico Veterinário e, de seguida, dirija-se à Clínica ou Hospital Veterinário.

Ainda que o seu animal não apresente qualquer sintoma, é importante este ficar sob observação durante as 24 horas seguintes à ingestão do chocolate.

Em qualquer dia do ano e não só na Páscoa, evite que o seu animal coma chocolate.

 

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
VIA EMAIL: SAIBA QUAL A FARMÁCIA
DE SERVIÇO MAIS PERTO DE SI.

CLIQUE AQUI »


Web Design: New Media Design